Peruano e japonês presos sob suspeita de matar colega

Publicado em 18 de dezembro de 2017, em Crime

A suspeita é de terem matado o colega de trabalho injetando ar no corpo da vítima com compressor, em Saitama.

&nbspPeruano e japonês presos sob suspeita de matar colega
Peruano e japonês suspeitos de terem matado colega com “brincadeira” de injetar ar

Um peruano e um japonês foram presos sob suspeita de terem matado um colega de trabalho injetando ar no corpo dele.

Segundo a polícia, a ocorrência foi no local de trabalho. Os dois presos alegam que “injetamos ar pela boca e nádegas, de brincadeira”, contaram.

Os presos são funcionários de uma empresa de reciclagem, em Sugito-cho (Saitama). Foram identificados como Toshihiro Kanzaki, 47 anos, japonês, residente em Kazo (Saitama) e Joel Tomy Nakamoto Villavicencio, 36, peruano, residente em Matsudo (Chiba).

De acordo com investigações da polícia, no sábado (16), os dois injetaram ar no corpo do colega Yoshiyuki Oguchi, 44, por volta do meio-dia. A suspeita é de terem praticado violência, portanto, de lesão seguida de morte.

Depois de terem injetado ar no corpo do colega, ele passou mal. Os colegas viram a situação e o levaram até um hospital na cidade vizinha de Kasukabe. Morreu por volta das 19h20.

O caso foi denunciado para a polícia pelo hospital.

O compressor de ar elétrico usado para “brincadeira” com o colega é utilizado para remover poeira dos equipamentos pesados. “De brincadeira injetamos ar pela boca e pelas nádegas”, teriam contado os dois presos, assumindo o que fizeram.

Fontes: NHK e Sankei

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Estude Japonês no Kumon
Fujiarte - Empregos no Japão
WAYSU - Empregos no Japão
UNIP Polo Japão