Prisão de ladrões especializados em carros da Toyota

Publicado em 25 de outubro de 2017, em Crime

A quadrilha de ladrões russos só tinha olhos para a marca Toyota. Policiais de Fukui e Toyama desvendaram a ação dos criminosos.

&nbspPrisão de ladrões especializados em carros da Toyota
Polícia apreendeu partes dos carros furtados em Fukui no desmanche em Toyama (Fukui Shimbun)

A Polícia da Província de Fukui em conjunto com a de Toyama desvendou um caso de ladrões que dava dor de cabeça. O anúncio foi feito na terça-feira (24), a respeito da prisão de uma quadrilha de 7 russos, composta de 6 homens e uma mulher. Os elementos estariam envolvidos nos furtos sequenciais de veículos na província de Fukui.

Kolobkov Nikolai, 28 anos, de nacionalidade russa, é dono de uma loja de veículos usados e exportador, em Imizu (Toyama). Tem também um desmanche de carros roubados para mandar as peças para a Rússia. Ele é tido como um dos suspeitos de uma organização criminosa e está preso.  

A partir de 30 de agosto, por 3 vezes, os policiais das duas províncias, investigaram o desmanche. Apreenderam milhares de peças de veículos no local.

Ladrões atuavam em Fukui

Os policiais encontraram partes de 12 veículos da Toyota. Todos são de fabricação a partir de 2013, tanto de híbridos quanto de esportivos. O valor do prejuízo para as vítimas é calculado em torno de mais de 20 milhões de ienes. Os ladrões furtavam os carros dos estacionamentos de prédios e alugados da cidade de Fukui (província homônima).

O motivo da prisão de Kolobkov é a suspeita de que ele tenha levado os demais ladrões de Toyama para Fukui, em 25 de julho deste ano. E, na cidade de Fukui, teria ajudado os comparsas a furtarem um carro.

No período de 26 de julho a 30 de agosto teria deixado 4 veículos furtados no pátio de sua empresa.

Dois ladrões fugiram e quatro foram liberados

Segundo a polícia, o ladrão considerado líder, na faixa dos 30, e o cúmplice executor do furto dos veículos nos dias 25 e 26 de julho já fugiram para a Rússia, mas a ordem de prisão para eles foi emitida este mês. 

A polícia prendeu um funcionário do desmanche, de 28 anos, e uma mulher desempregada de 27 anos, quando esteve no desmanche em 30 de agosto. Também levou um comprador de pneus usados, 34, e um vendedor de veículos usados, 29, todos russos. No entanto, a promotoria de Fukui os liberou por falta de provas, da suspeita de envolvimento nos furtos.  

Fonte e foto: Fukui Shimbun

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão by Fujiarte
Waysu - Empregos com segurança!