Prisão dos donos da empresa vendedora do equipamento para tirar rugas

Publicado em 25 de setembro de 2017, em Crime

A suspeita é de que os donos tenham vendido 3 unidades do equipamento para procedimento de estética em Nagoia e há queixas de queimaduras na pele.

&nbspPrisão dos donos da empresa vendedora do equipamento para tirar rugas
Equipamentos para beleza e estética com adulteração e abaixo do preço, além de suspeita de importação ilegal, levam 2 para a prisão.

Dois homens, um deles presidente de uma empresa de Osaka (província homônima), foram presos sob suspeita de vender equipamento americano para tirar rugas, não autorizado pelo governo japonês.

A prisão de Toshihiko Sakaguchi, 62, e o vendedor da época, Satoshi Tanaka, 47, foi feita por volta das 6h30 desta segunda-feira (25). A empresa Sail International tem sede em Sumiyoshi-ku, cidade de Osaka.

Os dois são suspeitos de venderem 3 unidades do equipamento サーマクール CPT (Thermo Cool), americano, ainda não autorizado pelo governo japonês, a instituições em Nagoia (Aichi). O período das vendas foi de outubro do ano passado a janeiro deste ano.

Equipamento adulterado

Para a importação desse equipamento é preciso que o próprio médico o faça diretamente nos Estados Unidos. A polícia suspeita que essa empresa tenha usado uma fotocópia de licença médica de terceira pessoa para a importação.

Além disso, teria vendido os equipamentos com valor 40% abaixo do preço praticado no mercado. Também, os dois teriam substituído por conta própria o dispositivo da parte que entra em contato com a pele. A polícia recebeu queixas das clínicas médicas que adquiriram esses equipamentos. Teriam causado queimaduras na pele das clientes.

Benefícios na estética facial

As aplicações com esse equipamento vêm chamando a atenção das mulheres na faixa etária entre 40 e 50 anos.

O equipamento ajuda nos procedimentos estéticos para diminuir as rugas, a flacidez e os poros abertos. Com a aplicação por estimulação através das ondas eletromagnéticas, faz aumentar a produção natural do colágeno.

Esse equipamento americano ficou famoso porque as mulheres não precisam necessariamente passar por uma cirurgia plástica para rejuvenescer.

O preço de mercado do equipamento varia de 7 a 9 milhões de ienes. Só clínicas onde há médico com licença podem usar o aparelho.

Fontes: MBS e Asahi
Imagens: Asahi Shimbun

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Campanha RH-Consulting
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Baladas no Japão