I Simpósio PLH 2018 – Português como Língua de Herança

Publicado em 4 de junho de 2018, em Comunidade

O PLH ainda é um assunto recente, mas está tomando força e reconhecimento no mundo.

&nbspI Simpósio PLH 2018 - Português como Língua de Herança
I Simpósio de Português como Língua de Herança 2018

A cidade de Hamamatsu (Shizuoka) foi palco do I Simpósio PLH 2018 (Português como Língua de Herança) organizado pelo IIEC – Instituto Internacional de Arte e Cultura de Hamamatsu, com o apoio do Consulado-Geral do Brasil em Hamamatsu e HICE.

O PLH ainda é um assunto recente, mas está tomando força e reconhecimento mundialmente.

O movimento migratório brasileiro se consolidou em meados da década de 80, e muitas pessoas deixaram o Brasil desde então, e continuam deixando, em busca de crescimento, seja profissional ou pessoal, pois conhecer novas culturas e países somente agrega valores morais e sociais em nossas vidas.

&nbspI Simpósio PLH 2018 - Português como Língua de Herança
Premiação

Entre muitas idas e vindas, alguns acabam se adaptando ao país que estão e constituem uma família, seja com um conterrâneo ou um nativo, e optando por residir definitivamente no país onde se encontra.

Naturalmente, a formação e o aumento de uma nova família acontece e, quando nascem os filhos, as dificuldades e dúvidas em relação ao idioma ocorrem. “Que idioma adotar para a comunicação?”, “Sou brasileiro e vivo aqui, meu filho não utilizará o português como idioma!”, “Falarei os dois idiomas para ele aprendê-los”, entre muitas outras questões que tornariam o texto longo demais.

&nbspI Simpósio PLH 2018 - Português como Língua de Herança
Professor Vander Luis Devide, a funcionalidade de jogos para a educação

Podemos viver muitos anos fora do Brasil, adquirir o visto de permanência ou até mesmo a naturalização, mas não podemos excluir o direito dos filhos de herdar o idioma português e incitar a curiosidade deles em conhecer suas raízes, como citado no começo da matéria. “Buscar crescimento pessoal e profissional”, não serve somente se for do Brasil para o exterior, essa regra se aplica também ao contrário.

Mas como poderei começar a implementar o PLH em meu lar? A primeira resposta que vem em mente é “organização para o ensinamento familiar e aprendizado formal”.

O I Simpósio de PLH 2018 foi um grande salto para o futuro da língua portuguesa no Japão, com muitos profissionais da área educacional expondo seus projetos e colocando as ideias e resultados esperados em pauta, obtendo uma maneira dinâmica e concisa para poder adquirir resultados fantásticos para o aprendizado.

Sendo assim, a comunidade brasileira no Japão estará se preparando melhor e aumentando a qualidade de ensino da língua portuguesa, nos meios escolares e acadêmicos, com um dinamismo e didática mais divertidos, que se adapta às necessidades e situações na qual vivemos aqui.

&nbspI Simpósio PLH 2018 - Português como Língua de Herança
Projetos premiados e seus idealizadores, juntamente com os organizadores e representantes do Consulado

O intuito do I Simpósio PLH 2018 é ser uma reunião para discutir sobre o tema “Português como Língua Herança” e colocar as impressões sobre o assunto em debate, com todos os participantes.

Com o grande trabalho de todos os palestrantes e todas as entidades envolvidas, a demonstração que o PLH é um assunto importante para todos foi reforçada com êxitos.

Os palestrantes:

Professora Luzia Tanaka (Oficina de Arte e Educação de Osaka)
Felicia Jennings W. (Brasil em mente – EUA)
Sara da Costa (PIN)

No decorrer do Simpósio, o Professor Vander Luis Devide mostrou em seu workshop, de uma maneira divertida e funcional, que não devemos nos apegar somente ao formato de ensino digital, mas sim utilizar brincadeiras interativas presenciais que fortalecem os vínculos sociais e facilitam o aprendizado das crianças de uma forma mais produtiva e satisfatória, com baixos recursos e níveis de dificuldades mínimas.

O Professor Wagner do Nascimento deu seu depoimento sobre a importância da inserção do PLH não somente na comunidade brasileira, mas também na comunidade japonesa.

Ao final do Simpósio foram feitas as premiações dos projetos apresentados:

Márcia Okada
Michela Fukuoka
Carmen Mita
Sara da Costa

Fotos e texto: Junior Maeda

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Estude Japonês no Kumon
Fujiarte - Empregos no Japão
WAYSU - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão