Brasileiro poliglota é atração em Osaka

Publicado em 21 de setembro de 2017, em Comunidade

Dominando 8 idiomas mais os dialetos, o brasileiro poliglota anima os passageiros do táxi. Especialmente os turistas estrangeiros.

&nbspBrasileiro poliglota é atração em Osaka
Ao volante, o brasileiro poliglota “Pere-chan” fica satisfeito quando o cliente diz que ficou animado (Mainichi)

No táxi os passageiros sempre perguntam “de onde você é” e assim começa um diálogo. “Quero que os clientes fiquem alegres quando entram no táxi”, explicou o brasileiro. Sua maior satisfação é quando o passageiro diz “obrigado, fiquei animado”, conta.

Júlio Pereira, 44 anos, residente em Hirakata (Osaka), é poliglota – 8 idiomas mais os dialetos – e é um dos 5 motoristas de táxi estrangeiros.

Com tantos turistas de vários países visitando Osaka – mais de 9,4 milhões no ano passado – as companhias vêm contratando motoristas estrangeiros. Júlio é um deles, ao lado de colegas egípcio, chineses e coreanos, trabalhando para a Sakura Taxi, na cidade de Osaka (província homônima).

Além do português, ele fala inglês, japonês, coreano, chinês, alemão, francês e espanhol. Também fala os dialetos de Osaka, Akita ou Okinawa. Ele é poliglota e adora estudar idiomas, disse para a reportagem do Mainichi Shimbun.

Brasileiro poliglota: perfil

Nascido no Rio de Janeiro, Júlio Pereira iniciou judô aos 12 anos. Esse foi o despertar pela cultura japonesa. Na universidade estudou japonês e alemão. Veio ao Japão como bolsista para Okinawa, onde morou por um ano. Em 1998 mudou-se para Osaka, ingressou na pós-graduação para estudar dialetos. Reside em Hirakata com sua família, esposa japonesa e 2 filhos.

Antes de ingressar como motorista na Sakura Taxi, trabalhou como intérprete, foi professor universitário, atendente da Apple e outras ocupações. Tirou a licença para se habilitar a taxista porque quis usar suas habilidades dos diversos idiomas. Ingressou na companhia em setembro do ano passado e estreou no mês seguinte como o primeiro motorista estrangeiro.

“Por sua personalidade amigável logo se tornou popular. Entre os colegas é chamado de Pere-chan”, descreve a matéria.

Fontes: Mainichi Shimbun e DMenu
Foto: Mainichi Shimbun

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Campanha RH-Consulting
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Baladas no Japão