Mais de 1 semana e a adolescente Renata continua desaparecida

Publicado em 29 de maio de 2017, em Comunidade e atualizado em 31 de maio de 2017 as 12:53 PM

A adolescente Renata, residente em Nishio (Aichi), continua desaparecida desde o dia 14 (domingo) a tarde. Saiba mais.

&nbspMais de 1 semana e a adolescente Renata continua desaparecida
fotos da Renata, a adolescente desaparecida desde 14 deste mês, em Aichi (fotos cedidas)

“Que agonia”, desabafa a mãe da adolescente Renata, desaparecida desde a tarde de 21 deste mês, domingo, completando 8 dias.

Reny Keiko Sato, a mãe, residente em Toyota (Aichi), iniciou uma campanha própria, com a ajuda de amigos e parentes. Eles colam cartazes com foto da filha nos estabelecimentos comerciais, tanto em Toyota, quanto em cidades vizinhas como Chiryu, Nishio, Anjo, Handa, Okazaki e outras.

“Estou exausta de tanto andar pra cima e pra baixo”, conta a mãe, desesperada, sem notícia da filha. Ela agradece todas as pessoas que enviaram fotos e vídeos, colaborando para encontrar Renata. “Infelizmente nenhuma das imagens era da minha filha”, lamenta. Ela pede “caso alguém a encontre, converse com ela, confirme o nome e me comunique pelo número de telefone celular 090-4409-7683, por favor”

A polícia também não tem nenhuma pista. Renata se despediu da mãe na estação de Toyota, às 16h10. A única informação até o momento é de que ela, de fato, tomou o trem, sozinha, na estação de Toyota, antes das 17h00. No entanto, não se sabe em qual estação ela teria saído, já que seu destino seria Nishio, onde mora com o pai.

&nbspMais de 1 semana e a adolescente Renata continua desaparecida
cartaz feito por um amigo, sendo colocado nas lojas da região

A busca por Renata continua

A família tem se desdobrado na tentativa de encontrar Renata. “A irmã mais velha tem falado com as colegas da escola, sem pistas. Mas, irei até a escola novamente para conversar com as amigas”, conta a mãe, que já esteve lá e ninguém soube dar alguma pista.

Além disso, Reny contou que visitará o Consulado-geral de Nagoia para pedir ajuda no sentido de reforçar o pedido de busca junto às autoridades policiais.

As redes sociais usadas pela filha estão sendo monitoradas. Desde o domingo de seu desaparecimento, Renata não tem postado absolutamente nada, conta a mãe. O telefone celular dela continua desligado ou sem bateria, desde a noite de domingo, quando o pai avisou a mãe que Renata não chegou em casa, 3 horas depois que ela saiu de Toyota.

“Que Deus guarde a minha filha caso ela tenha sido envolvida em algum incidente. Que Deus ilumine a cabecinha dela caso ela tenha resolvido fugir de casa. Que volte logo”, ora a mãe todo o momento.

Reny agradece publicamente todas as pessoas que têm se empenhado nessa busca incessante junto com ela. “Que Deus abençoe cada uma delas, pois não tenho outras palavras para expressar minha gratidão”, diz emocionada.

Tanto ela quanto o pai da Renata continuam indo nos lugares onde possivelmente ela poderia estar.

Ela saiu de casa vestida com uma pantalona jeans e uma blusa preta, tem cerca de 1,60 de altura, 15 anos, conforme mostra a foto que foi tirada em outra ocasião. Quem puder ajudar com informações, pode ligar para o número 090-4409-7683 (mãe, Reny) ou avisar a polícia, através do número de telefone 110.

 

Imagens: cedidas

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Campanha RH-Consulting
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas