Casal de Takahama esclarece sobre suposto crime

Publicado em 22 de setembro de 2016, em Comunidade

Conversamos com o casal formado por um peruano e uma brasileira sobre a confusão de informações que aconteceram ontem (21), que envolveu a polícia e os moradores locais.

Ontem (21) recebemos diversos relatos e fotos, de que uma ocorrência policial aconteceu na cidade de Takahama (Aichi) envolvendo um casal formado por um peruano e uma brasileira.

De acordo com informações recebidas, os moradores teriam sido acordados por policiais logo cedo. Porém, segundo o companheiro de nacionalidade peruana, ele saiu do seu trabalho as 8h, tomou o ônibus e desceu em frente do apartamento as 9h05 e como sempre foi verificar seu carro.

Ao chegar na escada viu o sangue e achou estranho e ao entrar em seu apartamento encontrou sua companheira, que preferiu não se identificar, desfalecida. “Fiquei em pânico” – declarou o companheiro.

Sua primeira atitude foi telefonar para pedir socorro, conforme matéria anterior. Como ele não fala bem japonês não foi compreendido, assim ele se dirigiu ao Koban que fica cerca de 200m de sua residência. Lá chegando ele se deu conta que sua roupa estava manchada de sangue e o policial acionou a delegacia central de Hekinan.

&nbspCasal de Takahama esclarece sobre suposto crime
O casal irá aguardar o fim das investigações

Segundo o rapaz vieram quase 80 oficiais da polícia e as proximidades foram interditadas, porque sua companheira teria dito que foi atacada pelas costas, levando uma pancada na cabeça.

Os vizinhos viram uma brasileira ser socorrida por uma ambulância, aparentemente em estado grave. A informação que os moradores tinham era de que teria acontecido agressão e homicídio, e por isto a rua foi interditada e todos, mesmo de outros prédios, tiveram que prestar depoimentos e até apresentar seus documentos. Eles viram a perícia trabalhar no local, coletando digitais e muitos oficiais investigando.

&nbspCasal de Takahama esclarece sobre suposto crime
Os ferimentos na cabeça da brasileira

O começo da confusão

Todos os moradores foram interrogados pela policia, inclusive as fontes do Portal Mie. Na realidade a própria brasileira contou que foi transportada de ambulância em estado de semiconsciência, o que supostamente causou confusão entre a vizinhança, achando que foi crime fatal.

Ela contou que levou pontos no ferimento de 10 centímetros na parte de traz de sua cabeça, ficando hospitalizada até o final da tarde de quarta-feira (21). Ele deu depoimento na polícia, livrando-se da suspeita de agressão, contrariando o que as fontes falaram. “Retornamos por volta das 17h, acompanhados pela polícia” – declarou ela.

De acordo com a vítima, ela não estava alcoolizada, conforme depoimento das fontes. Em relação as supostas agressões entre o casal, ambos negam.

O casal vive junto há dois anos e “agora mais do que nunca preciso cuidar dela”, disse o companheiro.

O caso que poderia ser uma fatalidade, terminou esclarecido pelo casal que estará voltando a sua vida normal.

Nota da redação

Devido à grande repercussão deste caso na comunidade, na noite de quarta-feira (21), a equipe foi ao local para averiguação, inclusive na delegacia que atendeu o caso. Nesta quinta-feira (22), a equipe esteve com o casal para esclarecer os fatos.

O Portal Mie pede sinceras desculpas por informações publicadas que possam ter causado algum tipo de transtorno, no entanto manteve o compromisso com os leitores de esclarecer a fundo os acontecimentos.

 


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Campanha RH-Consulting
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas