Polícia está à procura de quase 300 carros de luxo após cúpula internacional

Publicado em 14 de fevereiro de 2019, em Notícias do Mundo

Os carros foram emprestados para o transporte de líderes mundiais na capital de Papua Nova Guiné durante a cúpula da APEC em 2018.

&nbspPolícia está à procura de quase 300 carros de luxo após cúpula internacional
(ilustrativa/banco de imagens)

A polícia de Papua Nova Guiné está buscando o retorno de aproximadamente 300 carros importados que foram emprestados para o transporte de líderes mundiais na capital durante a cúpula da APEC – Cooperação Econômica Ásia-Pacífico realizada no ano passado, disse um superintendente na terça-feira (12).

Publicidade

Duzentos e oitenta e quatro carros ainda precisam ser devolvidos à Unidade de Recuperação de Patrimônio do Estado, incluindo Toyota Land Cruisers, Fords, Mazdas e Pajeros da Mitsubishi. Contudo, todos os modelos de luxo Maserati e Bentley, os quais foram comprados controversamente antes da cúpula, puderam ser rastreados e recuperados, disseram autoridades.

A compra dos carros usados para a cúpula em novembro foi um dos aspectos mais controversos de Papua Nova Guiné sediar o evento.

A frota incluiu 40 sedans de luxo Maserati Quattroporte e três superluxo Bentley Flying Spur, cada um custando mais de 200 mil dólares, apesar do país estar combatendo um surto nacional de poliomielite, altas taxas de tuberculose e escassez crônica de fundos para saúde, educação e outros serviços.

Dennis Corcoran, superintendente da polícia de Papua Nova Guiné, disse que nove carros foram roubados, peças foram removidas de alguns veículos e outros foram devolvidos “com danos graves”.

Líderes da nação do Pacífico Sul de 7,3 milhões de pessoas esperavam que a conferência global atraísse investimento e atenção internacional ao país.

&nbspPolícia está à procura de quase 300 carros de luxo após cúpula internacional
Uma frota de carros foi transportada para a cúpula da APEC em Papua Nova Guiné, incluindo Maseratis, Bentleys e Toyota Land Cruisers (AirBridge Cargo/PR Image)

Contudo sediar o evento sobrecarregou os recursos do país e assistência foi solicitada de outras nações. Austrália, EUA e Nova Zelândia enviaram forças especiais para garantir a segurança dos participantes.

Na época, tanto a mídia quanto ativistas, questionaram se fazia sentido para o país pobre no Pacífico sediar um evento internacional como a cúpula da APEC.

Críticos viram as centenas de carros oficiais como ‘símbolo’ do desperdício do governo.

O porta-voz do governo Chris Hawkins disse que um evento global tinha que ser sediado de forma adequada e frisou que muitos dos veículos que ainda não foram devolvidos estavam ou nos estacionamentos dos escritórios do governo ou sendo usados por paramédicos, bombeiros e outros servidores públicos.

A polícia acredita que seis dos nove carros roubados ainda estejam na capital de Papua Nova Guiné, Port Moresby, enquanto três outros foram encontrados a caminho de Mount Hagen, uma área montanhosa. Corcoran estava confiante em encontrá-los porque ele tem uma lista geral de quem os usou.

“Basicamente, eu sei onde estão os 284 veículos que eu tenho que recuperar”, disse ele.

Fonte: BBC, The Guardian


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - People Support!!