Ataque em colégio na Crimeia deixa mortos e feridos

Publicado em 18 de outubro de 2018, em Notícias do Mundo

O líder do governo da Crimeia disse que o autor suspeito do ataque havia tirado sua própria vida.

&nbspAtaque em colégio na Crimeia deixa mortos e feridos
Dezoito mortos. A maioria adolescentes (Kerch fm via NHK)

Pelo menos 18 pessoas foram mortas – a maioria adolescentes – e cerca de 50 ficaram feridas após uma explosão de bomba na Crimeia, de acordo com a Rússia.

Publicidade

O Comitê Nacional Antiterrorismo da Rússia disse ao CNN em uma declaração que a explosão foi causada por um “dispositivo não identificado” em um colégio na cidade de Querche – onde uma nova ponte de 19 quilômetros liga a Crimeia à Rússia.

Sergey Aksyonov, o líder do governo da Crimeia, disse que o autor suspeito do ataque havia tirado sua própria vida, de acordo com comentários transmitidos pela rede de tevê estatal russa.

“O suposto autor atirou contra si mesmo”, disse Aksyonovo à Rossiya-24, salientando que ele era um estudante na mesma instituição educacional e que seu corpo foi encontrado em uma biblioteca no segundo andar.

O Comitê Investigativo da Rússia disse na quarta-feira que havia identificado o suspeito e reclassificou o caso como investigação de assassinato ao invés de ataque terrorista.

A declaração frisou que investigadores e especialistas forenses já estavam no local e que exames iniciais dos corpos das vítimas indicaram que elas morreram em decorrência de ferimentos provocados por tiros.

Oficiais russos disseram que investigadores continuam trabalhando no local. A agência de notícias TASS disse que um dispositivo explosivo havia sido encontrado na cena e estava sendo inspecionado.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que medidas de emergência estavam sendo realizadas, como instruído pelo presidente Vladmir Putin.

A mídia estatal russa, citando oficiais de serviços de emergência, relatou que uma suspeita explosão de gás em um colégio técnico causou a morte várias pessoas e feriu dezenas. O canal de tevê estatal Rossiya-24 disse que 200 membros das forças armadas haviam sido enviados ao local do incidente.

A Crimeia, uma península ao sul da Ucrânia que é rodeada pelo Mar Negro e o Mar de Azov, foi anexada pela Rússia em 2014 durante uma crise econômica do país vizinho.

Aksyonovo anunciou na rede de tevê estatal russa que haveria três dias de luto.

Fonte: CNN
Imagem: NHK


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - aprenda japonês de forma prática!