Coreia do Norte se prepara para lançamento de míssil de longo alcance

Publicado em 7 de outubro de 2017, em Notícias do Mundo

Segundo o parlamentar russo que visitou a Coreia do Norte, o país se prepara para atingir a costa oeste dos Estados Unidos.

&nbspCoreia do Norte se prepara para lançamento de míssil de longo alcance
Coreia do Norte prepara míssil de longo alcance para atingir os EUA (KCNA)

Um membro do Comitê russo da Duma para Relações Exteriores, Anton Morozov, esteve em visita a Pyongyang e, na sua volta, na sexta-feira (6), declarou para a imprensa o que ouviu lá.

Ele esteve com Kim Yong-nam, o número 2 do país, como chefe da delegação russa, em visita entre 2 e 6 deste mês.

Segundo o parlamentar, Kim Yong-nam mostrou um diagrama enquanto fazia explicações. A Coreia do Norte está fortalecendo os atuais mísseis balísticos. “Eles estão se preparando para lançar um míssil de longo alcance. Nos deram cálculos, mostrando que é possível atingir a costa oeste dos Estados Unidos”, declarou.

Morozov explicou que a situação requer uma rápida intervenção dos países interessados para evitar o aumento dessa tensão. A Coreia do Norte se sente encurralada e, portanto, forçada a usar métodos extremos no confronto com os Estados Unidos.

“A Coreia do Norte está muito decepcionada com os recentes pronunciamentos dos Estados Unidos. O país está fortemente determinado a confrontar com toda sua força”, declarou.

Na sua opinião, os Estados Unidos estão desestabilizando a situação na península coreana. Os países vizinhos, incluindo a Rússia, devem trabalhar em conjunto, através do diálogo, para evitar essa tensão.

&nbspCoreia do Norte se prepara para lançamento de míssil de longo alcance
Parlamentar russo Anton Morozov, na volta da Coreia do Norte, declarou para a imprensa o que viu e ouviu lá (JNN)

Estimativas das datas para o lançamento

As informações da inteligência sul-coreana estimam que Pyongyang poderia conduzir pelo menos um novo teste balístico ou nuclear em 10 deste mês – aniversário de fundação do Partido dos Trabalhadores norte-coreano. Outra data poderá ser no dia 18, quando acontece o 19º Congresso do Partido Comunista da China.

Caso ocorra um ataque nuclear contra Seul e Tóquio o número de mortos poderá ser de 2,1 milhões. Cerca de 7,7 milhões de pessoas ficariam feridas, segundo estimativas do relatório do 38 North.

Fonte: JNN
Fotos: KCNA e JNN

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Campanha RH-Consulting
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Baladas no Japão