Crise no controle de passaportes na Tailândia gera críticas generalizadas

Publicado em 19 de agosto de 2017, em Notícias do Mundo

Filas de até 5 horas no aeroporto e autoridades negligentes são alvo de críticas na mídia.

&nbspCrise no controle de passaportes na Tailândia gera críticas generalizadas
No dia 4 de agosto, passageiros no Aeroporto Internacional de Don Mueang aguardaram na fila da imigração por até 5 horas (Nikkei)

Postagens na mídia social feitas por viajantes enfurecidos se tornaram virais após uma multidão de passageiros ter congestionado os balcões da imigração no Aeroporto Internacional de Don Mueang, o segundo maior de Bangkok, que serve como polo para as empresas aéreas de baixo custo (LCC).

O “rugido” humano na noite do dia 4 de agosto foi causado particularmente por uma série de voos com atraso que aterrissaram quase todos ao mesmo tempo. Alguns passageiros tiveram que aguardar por até 5 horas para passar pelas formalidades de chegada.

A fila pública que se seguiu forçou o Departamento de Imigração a aumentar o número de funcionários do aeroporto de 42 para 100 na noite em questão.

A estatal Airports of Thailand (AoT) se comprometeu a instalar 14 novos balcões em Don Mueang para um total de 39 até o final de agosto. Nesse meio tempo, o primeiro-ministro Prayuth Chan-ocha ordenou que a Força Aérea Real tailandesa ajudasse na organização dos passageiros.

O problema não é novo

O problema não é novo, e muitas das críticas articulam sobre a pressão de aumentar os números turísticos sem atualizar o pessoal necessário e infraestrutura.

Parte da documentação da imigração, os cartões TM6 de chegada/partida que todos preenchem, está prestes a ser relançado no dia 1 de outubro. Isso deverá simplificar e acelerar o processo, de acordo com o ministro de assuntos interiores Anupong Paochinda.

Críticos discordam isso, dizendo que o novo formato tem mais itens para serem preenchidos em relação ao antigo, incluindo email, propósito da visita, ocupação, período de estada. O ministério do turismo frisa que os dados extras são necessários para pesquisa e marketing.

Mais passageiros do que as instalações dos aeroportos permitem

Os aeroportos na Tailândia já comportam mais passageiros do que suas instalações permitem e as expansões não foram realizadas no período estipulado. O Aeroporto Internacional de Suvarnabhumi, o maior do país, foi projetado para receber 45 milhões de passageiros anualmente, mas recebe 55 milhões.

É improvável que o problema termine enquanto os números turísticos continuem subindo. A Mastercard classificou Bangkok como a cidade Nº1 para chegadas em seu Índice de Cidades em Destinos Globais, ultrapassando Londres. O total de chegadas internacionais em 2016 bateu um recorde de 32.6 milhões, alta de 8% ano a ano.

O turismo é uma das únicas marcas brilhantes na economia tailandesa, que sofre uma baixa demanda na exportação e fraco consumo doméstico desde maio de 2014, quando os militares tomaram o poder.

Fonte e imagem: Nikkei

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão by Fujiarte
Waysu - Empregos com segurança!