Gigantes dos EUA são contra o decreto anti-imigração de Trump

Publicado em 7 de Fevereiro de 2017, em Notícias do Mundo

Apple, Google, Microsoft, Facebook e McDonald's estão entre as 97 empresas que se declararam contras as medidas de Donald Trump.

&nbspGigantes dos EUA são contra o decreto anti-imigração de TrumpNo dia 05 de Fevereiro, a Apple, Google, Microsoft e outras 97 empresas se uniram e assinaram uma carta de apoio (amicus brief) contra o decreto presidencial de Trump que proíbe a entrada de imigrantes de 7 países de África e Oriente Médio para a 9ª Vara do Tribunal de Apelações. A Box, empresa de serviços na Cloud, disponibilizou o documento para todos.

O amicus brief é um parecer escrito por organizações e pessoas interessadas em um problema jurídico que é entregue para um tribunal. Esta carta de apoio foi entregue para o processo movido em Minesota (Washington) que suspendeu temporariamente o decreto presidencial de Trump. Esse processo (litígio) está sendo deliberado pela 9ª Vara do Tribunal de Apelações do Tribunal Superior, devido à apelação do governo de Trump.

“Os imigrantes ou seus filhos construíram a Apple, Kraft, Ford, General Electric, AT&T, Google, McDonald’s, Boeing, Disney e outros, e mais de 200 empresas da Fortune 500. As vendas anuais dessas empresas são de $4.2 trilhões e empregam milhões de americanos”, escreveram as empresas. Segundo as empresas, o decreto presidencial que limita a entrada de imigrantes “prejudica significativamente o crescimento, inovação e negócios dos EUA”. E ainda, estava escrito que “esse decreto presidencial viola a constituição e as leis de imigração”.

Veja a lista das empresas abaixo:

  • AdRoll
  • Aeris Communications
  • Airbnb
  • AltSchool
  • Ancestry.com
  • Appboy
  • Apple
  • AppNexus
  • Asana
  • Atlassian
  • Autodesk
  • Automattic
  • Box
  • Brightcove
  • Brit + Co
  • CareZone
  • Castlight Health
  • Checkr
  • Chobani
  • Citrix Systems
  • Cloudera
  • Cloudflare
  • Copia Institute
  • DocuSign
  • DoorDash
  • Dropbox
  • Dynatrace
  • eBay
  • Engine Advocacy
  • Etsy
  • Facebook
  • Fastly
  • Flipboard
  • Foursquare
  • Fuze
  • General Assembly
  • GitHub
  • Glassdoor
  • Google
  • GoPro
  • Harmonic
  • Hipmunk
  • Indigogo
  • Intel
  • JAND d/b/a Warby Parker
  • Kargo
  • Kickstarter
  • KIND
  • Knotel
  • Levi Strauss & Co.
  • LinkedIn
  • Lithium Technologies
  • Lyft
  • Mapbox
  • Maplebear d/b/a Instacart
  • Marin Software
  • Medallia
  • Medium
  • Meetup
  • Microsoft
  • Motivate International
  • Mozilla
  • Netflix
  • Netgear
  • NewsCred
  • Patreon
  • PayPal
  • Pinterest
  • Quora
  • Reddit
  • Rocket Fuel
  • SaaStr
  • Salesforce
  • Scopely
  • Shutterstock
  • Snap
  • Spokeo
  • Spotify
  • Square
  • Squarespace
  • Strava
  • Stripe
  • SurveyMonkey
  • TaskRabbit
  • Tech:NYC
  • Thumbtack
  • Turn
  • Twilio
  • Twitter
  • Turn
  • Uber
  • Via
  • Wikimedia Foundation
  • Workday
  • Y Combinator
  • Yelp
  • Zynga
Fonte: IT Media

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão - KOWA
KOWA - Trabalhe com segurança!
UNIP - Faculdade à distância no Japão!