Coreia do Norte pode lançar míssil intercontinental no sábado, diz primeiro-ministro sul-coreano

Publicado em 7 de setembro de 2017, em Ásia

A Coreia do Sul diz que espera outro lançamento de ICBM norte-coreano no sábado (9), enquanto o país isolado marca o aniversário de sua fundação.

&nbspCoreia do Norte pode lançar míssil intercontinental no sábado, diz primeiro-ministro sul-coreano
A Coreia do Sul diz que espera outro lançamento ICBM norte-coreano no sábado (9), enquanto o país isolado marca o aniversário de sua fundação (ANN)

A Coreia do Sul diz que espera outro lançamento de míssil balístico intercontinental (ICBM) norte-coreano no sábado (9), enquanto o país isolado marca o aniversário de sua fundação.

A situação é muito grave. Parece que não há muito tempo sobrando antes da Coreia do Norte alcançar seu armamento nuclear completo”, disse o primeiro-ministro sul-coreano Lee Nak-yon em uma reunião dos ministros da defesa em Seul realizada nesta quinta-feira (7).

“Uma medida especial é urgentemente necessária para deter a irresponsabilidade da Coreia do Norte”, disse ele.

Lançadores de mísseis interceptores adicionais na Coreia do Sul

Na manhã de hoje, as partes finais de um controverso sistema de defesa de mísseis americano chegou a uma base na Coreia do Sul enquanto centenas de manifestantes se aglomeraram na área em meio à forte presença da polícia. Esses manifestantes são contra o sistema, pois acreditam que sua presença poderia levar a problemas ambientais e de saúde.

Manifestantes foram para cima da polícia enquanto tentavam bloquear a estrada onde as Forças da Coreia, um comando sub-unificado dos EUA, estavam transportando 4 lançadores de mísseis interceptores THAAD adicionais a uma base em Seongju, a cerca de 300km ao sul de Seul. Dois lançadores estão em operação desde maio.

Essa implantação foi “temporariamente” concluída na quinta-feira, disse um porta-voz para o ministério da defesa sul-coreano, salientado que era necessário conter as crescentes ameaças da Coreia do Norte.

Hora de aumentar ainda mais as sanções e pressão contra o Norte, ao invés de buscar diálogo

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, se encontrou com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, na manhã desta quinta-feira em Vladivostok (Rússia) onde eles estavam participando do Fórum Econômico do Leste, hospedado pelo presidente russo Vladmir Putin.

Após a reunião, Abe e Moon emitiram uma declaração dizendo que “agora é hora de aumentar ainda mais as sanções e pressão contra o Norte, o máximo possível, ao invés de buscar diálogo”, de acordo com o porta-voz de Moon, Yoon Young-chan.

Os 2 líderes sentiram que o envolvimento chinês e russo era primordial e concordaram em trabalhar para o objetivo, disse Yoon. Abe se encontraria com Putin separadamente no final da tarde de hoje.

Fonte: CNN
Imagem: ANN

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão by Fujiarte
Waysu - Empregos com segurança!