Tufão Trami provoca vítimas e prossegue para Kansai

Publicado em 30 de setembro de 2018, em Prevenção

O grande e forte tufão número 24 segue o curso sem perder a potência, provocando estragos por onde passa. Há mais de 60 vítimas no sul do país.

&nbspTufão Trami provoca vítimas e prossegue para Kansai
Em Miyazaki, com a força das rajadas de vento (NHK)

Até as 17h30 de domingo (30) o número de vítimas geradas pelos danos do tufão Trami é de 66 pessoas.

Publicidade

Além delas, há uma desaparecida em Miyazaki, levada pela enxurrada. Na mesma província 2 se feriram por queda. Em Okinawa o número subiu para 46 pessoas e em Kagoshima são 17. Uma da vítimas é um motorista de 55 anos, cujo veículo kei tombou e ele ficou soterrado, com fraturas. Também 1 idosa está ferida em Tokushima.

Instruções para evacuação

As autoridades municipais estão avisando a população para preparar as coisas para o abrigo, como há locais com ordem de evacuação. Portanto, fique atento aos avisos, em Kansai e Tokai. Para compreender essa linguagem, toque aqui para abrir a matéria.

&nbspTufão Trami provoca vítimas e prossegue para Kansai
Árvores quebradas em Miyazaki, no domingo (NHK)

Por causa dos danos provocados pelo tufão número 21 as cidades estão se prevenindo. Capitais como Osaka e Nagoia estão com o comércio fechado, funcionando somente lojas de conveniência, hotéis e algumas outras instalações. As cidades estão com pouco tráfego de veículos.

Tufão se move rapidamente

O tufão Trami está se movendo com mais velocidade, a 45km por hora. Shikoku e Kinki estão sob a área de tempestade, sendo que o olho está previsto para mais tarde, por volta das 21h, em Wakayama. Logo em seguida deverá estar sobre a região Tokai.

A Agência de Meteorologia do Japão alerta para as rajadas de vento, pois podem chegar a 60km por hora. Em Kochi foi registrada velocidade de 48km/h e em Wakayama 38km/h.

Especialmente as regiões de Kinki e Tokai devem tomar muito cuidado com a área do litoral por causa da maré cheia com a tempestade, deixando o mar com aspereza histórica.

A AMJ alerta para evitar sair de casa, é muito arriscado.

Fontes: AMJ e NHK 
Fotos: NHK 


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - aprenda japonês de forma prática!