Luto e reconstrução das regiões afetadas

Publicado em 11 de julho de 2018, em Informações

Nas 12 províncias mais atingidas pela chuva histórica foram constatadas 159 mortes e ainda há desaparecidos. Mesmo em luto, o recomeço.

&nbspLuto e reconstrução das regiões afetadas

Até a manhã desta quarta-feira (11) foram constatadas 159 mortes, vítimas da chuva histórica que começou em 5 deste mês. Ainda há pelo menos 57 desaparecidos. As buscas continuam.

Nas regiões afetadas pela chuva que causou desastres como deslizamentos e inundações, a reconstrução começou com termômetros marcando mais de 30ºC.

Em Mabi-cho, na cidade de Kurashi (Okayama), uma das mais afetadas, o termômetro marcou máxima de 32,8ºC. Como a água e a lama diminuíram, as pessoas voltaram para suas casas durante o dia para a arrumação.

Nos locais que servem de abrigo os ventiladores foram substituídos por aparelhos de ar-condicionado, instalados para refrescar os desabrigados.

&nbspLuto e reconstrução das regiões afetadas
Ventiladores dos abrigos de Kurashiki foram substituídos por aparelhos de ar condicionado (ANN)

Em Uwajima (Ehime) os voluntários se juntaram com os moradores locais para remoção dos entulhos. E o aviso foi de fazerem intervalos para evitar insolação e hipertermia.

&nbspLuto e reconstrução das regiões afetadas
Voluntários ajudam a população de Uwajima na remoção de tudo o que foi danificado dentro de casa (ANN)

Em Fuchu (Hiroshima) as autoridades deram ordem de evacuação para os domicílios próximos ao Rio Enoki, na terça-feira à tarde. Transbordou com o deslizamento ocorrido na montanha, o qual caiu no rio. A lama tomou conta da área na tarde de terça-feira (10).  

&nbspLuto e reconstrução das regiões afetadas
Em Fuchu o rio de lama transbordou e as pessoas tiveram que ser socorridas (ANN)

Em Kurashiki (Okayama) a prefeitura suspendeu o recebimento de donativos, na tarde de terça-feira, por falta de espaço para acomodar tantos que recebeu de todo o país. No meio havia roupas usadas de outono e inverno, dispensáveis, pois a população não precisa.

Fontes: NHK e ANN 
Fotos e imagem: Wikimedia e ANN

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Estude Japonês no Kumon
Fujiarte - Empregos no Japão
WAYSU - Empregos no Japão
UNIP Polo Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão