Mais de 1 milhão de pessoas infectadas por influenza no Japão

Publicado em 12 de janeiro de 2018, em Saúde, Bem-Estar e Cotidiano

Quais as características da influenza deste ano? E os métodos de prevenção? Veja na matéria!

&nbspMais de 1 milhão de pessoas infectadas por influenza no JapãoSegundo relatório publicado pelo NIID-Instituto Nacional de Doenças Infecciosas em quarta-feira (10), estima-se que cerca de 1,01 milhão de pacientes foram diagnosticados com influenza entre 25 e 31 de dezembro. Houve o aumento de 350 mil pacientes em relação à semana anterior. O número já é maior do que o mesmo período do ano anterior.

Segundo o diretor honorário Fumi Komada do Hospital Central de Suwa, em Nagano, foi publicada uma notícia no ano passado sobre falta de vacinas, mas atualmente muitos hospitais estão conseguindo suprir a necessidade da vacinação como o de costume. Ele aconselha a vacinação para pessoas que ainda não foram vacinadas.

“Basicamente, a vacina da influenza previne o agravamento (da doença). Leva-se cerca de 2 semanas a partir do dia da vacinação para os resultados aparecerem. Normalmente, o período mais aconselhável para imunização é em meados de dezembro, mas ainda não é tarde”, disse Komada.

Quais as características da influenza desta temporada?&nbspMais de 1 milhão de pessoas infectadas por influenza no Japão

Segundo o diretor Tomotaka Oridzu da Clínica Oritsukodomo, “normalmente o tipo A é o primeiro a aparecer, seguido pelo tipo B após uma pequena queda. Após o período de epidemia, a temporada geral acaba. Esse é o padrão típico. Mas desde a semana passada há a mesma quantidade de pacientes infectados pelo tipo A e B.”

Em outras palavras, agora a influenza de ambos os tipos está contaminando o mesmo número de pessoas. Há a possibilidade do paciente se curar da influenza tipo A e acabar pegando a tipo B nesta temporada. É necessário muito cuidado!

Muito cuidado com a “influenza escondida”

“Em casos de pouca febre e sintomas leves, mesmo com poucos sintomas graves, as pessoas podem estar doentes mas não sabem até fazer o exame nas instituições médicas”, disse Satoshi Iwata do departamento de doenças infecciosas do NCC-Centro Nacional do Câncer.&nbspMais de 1 milhão de pessoas infectadas por influenza no Japão

Basicamente, os pacientes mostram sintomas de febre alta, acima dos 38ºC, dor de cabeça, dor nas articulações, fadiga, entre outros. Contudo, é mais difícil idosos terem febre alta, e a vacinação minimiza bastante os sintomas.

Mesmo assim, ainda há o perigo da doença ser transmitida para outras pessoas. Mesmo se os sintomas forem fracos é necessário cuidado para não passar para outras pessoas. Caso esteja passando mal, suspeite primeiramente da influenza, utilize máscaras e se consulte com um médico.

Métodos de prevenção

A principal rota de contaminação da influenza são as tosses e espirros pelas pessoas contaminadas que carregam o vírus da doença. As outras pessoas podem se contaminar ao inalar o vírus ou tocar em objetos contaminados por ele. O primeiro passo da prevenção é lavar bem as mãos e utilizar máscaras para ele não entrar no corpo.

Também é muito eficiente utilizar umidificadores. É muito comum no inverno o ar ficar seco por causa do uso de aquecedores. O ar quente reduz as funções de defesa da membrana mucosa, aumentando a possibilidade de pegar influenza. Mesmo se você não tiver umidificadores, estender uma toalha molhada no quarto ajuda a aumentar a umidade. Segundo o MHLW-Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, manter a umidade entre 50 a 60% é efetivo para a prevenção.

Fonte: NNN via Yahoo

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Estude Japonês no Kumon
Fujiarte - Empregos no Japão
WAYSU - Empregos no Japão
UNIP Polo Japão