Saiba como proteger as crianças e adolescentes da violência

Publicado em 3 de dezembro de 2018, em Dicas Especiais

No Japão também tem um órgão de proteção à violência contra o menor chamado de Jidosodansho. Saiba como funciona.

&nbspSaiba como proteger as crianças e adolescentes da violência
Crianças e adolescentes têm o direito de se desenvolverem em harmonia (Flickr)

Desde abril de 2006 o governo do Japão instituiu o Jidosodansho (児童相談所) tendo como núcleo as prefeituras das 47 províncias. Ele funciona como um órgão de proteção da criança e do adolescente, de todos os tipos de violência.

Publicidade

Os menores – de 0 a 17 anos – têm direito a viver em harmonia para o seu desenvolvimento normal, seja no lar, na escola e na sociedade.

Atividades do Jidosodansho

  • Atendimento às consultas em casa ou nas instituições de ensino sobre vários problemas relativos a crianças
  • Realiza avaliações da saúde física, psicológica, pedagógica, sociológica e mental para as crianças se julgar necessário
  • Fornece orientações necessárias para as crianças e seus responsáveis, com base em entrevistas ou avaliações como costa da linha acima
  • Proteção ou abrigo temporário dos menores

Consultas e atuações em 5 grupos diferentes  

&nbspSaiba como proteger as crianças e adolescentes da violência
As crianças têm direito a um lar feliz (Pexels)

O Jidosodansho oferece consultas para os pais ou responsáveis, como também para as crianças e adolescentes. Também recebe denúncias de vizinhos, professores, hospitais e outros, quando percebem que ocorreu violência contra o menor.

  1. Proteção: nos casos de abandono por parte do pai ou mãe, separação dos pais, morte de um deles, doença seguida de internação de um dos responsáveis, violência   
  2. Saúde: quando o bebê nasce prematuramente ou abaixo do peso médio, bebê ou criança com doença grave ou crônica, entre outras
  3. Deficiência: crianças com deficiência física ou mental que necessitam de cuidados especiais
  4. Desvio de conduta: quando o filho se torna agressivo, foge de casa, infringe a lei, se torna delinquente, entre outras consultas de comportamento
  5. Desenvolvimento: consultas sobre não querer frequentar escola, problemas de desenvolvimento da personalidade, entre outros

Quando o caso de agressão é detectado o menor pode receber abrigo para ser protegido. Nesse caso é encaminhado para uma das instituições chamadas de Abrigo da Criança (子どもシェルター, lê-se kodomo shelter).

Violência contra o menor

O número de casos de violência contra crianças e adolescentes é crescente no Japão, tanto entre os japoneses quanto estrangeiros. Para ler sobre as últimas estatísticas toque aqui para abrir a matéria.

&nbspSaiba como proteger as crianças e adolescentes da violência
É crime tirar o desenvolvimento da criança e do adolescente (Flickr)

Com a intenção de prevenir a violência infantil, a Polícia da Província de Aichi preparou um material explicativo. Classifica a violência em 4 grupos.

  1. Física: a criança ou adolescente é agredida no seu corpo, com pancadas, chutes, socos, chacoalhos, entre outros
  2. Abuso sexual: inclui a atividade sexual forçada, toques no corpo dela, filmar ou  fotografá-la nua
  3. Negligência: quando os cuidados básicos de saúde, higiene, afeto e segurança não são feitos, como dar alimentação, banho, cuidados pessoais, atenção, etc. É uma forma de abandono dentro de casa
  4. Psicológica: ignorar a presença da criança, xingá-la, gritar, brigas entre o casal, ameaças com palavras ferinas, etc.

O que fazer para prevenir o pior

Diante da violência e agressão à criança e ao adolescente há 3 tipos de ação recomendáveis. A primeira é informar as crianças sobre os direitos delas e que saibam onde podem procurar ajuda. Em segundo, quando pessoas da vizinhança, escola, hospital ou da sociedade em geral tomarem conhecimento devem fazer denúncia. Em terceiro, quando o pai, mãe ou responsável não sabe o que fazer, em situações difíceis com os filhos, devem procurar ajuda antes que seja tarde.

&nbspSaiba como proteger as crianças e adolescentes da violência

Há 2 locais para pedir ajuda, se consultar e fazer denúncia (pode ser de forma anônima):

  1. Polícia, ligando para o 110
  2. Jidosodansho, ligando para o 189

Se achou que a matéria é útil, compartilhe com seus amigos.

Caso queira ler mais matérias com dicas toque aqui.

Veja o panfleto da polícia.

&nbspSaiba como proteger as crianças e adolescentes da violência

Fontes: polícia e governo


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - aprenda japonês de forma prática!