Tufões estão se desenvolvendo a um ritmo mais rápido neste ano

Publicado em 23 de agosto de 2018, em Sociedade

O rápido desenvolvimento dos tufões ocorre devido a temperaturas mais altas na superfície do mar onde eles se formam, assim como ventos sazonais irregulares.

&nbspTufões estão se desenvolvendo a um ritmo mais rápido neste ano
O mais recente tufão deste ano, o Cimaron, de número 20, se formou em 18 de agosto, o 2º ritmo mais rápido desde 1951 (Tenki.jp)

Os tufões estão se desenvolvendo a um ritmo notavelmente rápido neste ano aparentemente devido a temperaturas mais altas na superfície do mar onde eles se formam, assim como ventos sazonais irregulares, dizem especialistas.

Publicidade

Tufões são definidos como ciclones tropicais acima do noroeste do Pacífico, incluindo áreas ao largo da costa das Filipinas, assim como o Mar do Sul da China, com ventos de velocidade máxima de 17m/s (60km/h).

De acordo com a AMJ- Agência de Meteorologia do Japão, 12 tufões se formaram desde o início deste ano até o final de julho, mas do que um ano normal.

Os tufões de números 15 a 19 deste ano se formaram em cinco dias consecutivos entre 12 a 16 de agosto. O mais recente tufão deste ano, o Cimaron, de número 20, se formou em 18 de agosto – o segundo ritmo mais rápido desde 1951 quando as estatísticas ficaram disponíveis. O ritmo mais rápido foi registrado em 1971 quando o 20º tufão apareceu em 8 de agosto.

O ano de 1967 viu a formação de um recorde de 39 tufões e o 20º se formou em 25 de agosto.

Neste ano, grande parte das condições necessárias para a formação de vários tufões foi alcançada em agosto. A temperatura da superfície do mar no extremo leste das Filipinas aumentou para cerca de 30ºC, 0.5ºC a 1ºC mais alto do que um ano normal, facilitando a formação de nuvens cumunolimbus (tipo de nuvem caracterizada por um grande desenvolvimento vertical).

Além disso, a monção asiática que causa a temporada de chuvas na Índia e outras áreas vem golpeando a partir do oeste de forma mais forte que o normal, aderindo a ventos do leste junto com o extremo de sistemas de alta pressão ao longo do Oceano Pacífico. Isso facilita a formação de vórtices atmosféricos que se movem na direção anti-horária. Esses vórtices se desenvolvem em tufões.

Adicionalmente, ventos do oeste também contribuíram para a formação de mais tufões do que o normal. Ventos do oeste estão serpenteando acima do Oceano Pacífico e gerando vórtices atmosféricos que se movem na direção anti-horária, que se deslocam para o sul e levam à formação de tufões.

As atuais condições atmosféricas poderão mudar até o final de agosto, mas especialistas dizem não ter certeza se o ritmo de formação de tufões diminuirá.

Fonte: Mainichi
Imagem: Tenki.jp


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Fujiarte - Empregos no Japão
WAYSU - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - World