Japão vai introduzir novo sistema de interceptação de mísseis

Publicado em 18 de agosto de 2017, em Sociedade

Devido às constantes ameaças da Coreia do Norte, o ministro da defesa anunciou a introdução de novo sistema de interceptação de mísseis. Veja mais.

&nbspJapão vai introduzir novo sistema de interceptação de mísseisNa madrugada de sexta-feira (18), o Ministro da Defesa Itsunori Onodera, que estava em reunião com o Secretário da Defesa James Mattis, anunciou sua intenção de implantar o sistema de interceptação de mísseis “Aegis Afloat” e pediu o apoio dos EUA para a introdução do sistema. A intenção do ministro é conseguir responder aos constantes lançamentos de mísseis balísticos da Coreia do Norte. 

“Equipar novas defesas de mísseis como o ‘Aegis Afloat’ requer o apoio dos EUA. Já obtive o apoio de outras pessoas encarregadas.”, disse o ministro em coletiva de imprensa após a reunião com Mattis em Washington.

O ministro também comentou sobre os diversos tipos de mísseis balísticos lançados pela Coreia do Norte. “É necessário nos protegermos dos mísseis através de novos equipamentos, principalmente o “Aegis Afloat”.

Unidade espacial e sistema de defesa de mísseis&nbspJapão vai introduzir novo sistema de interceptação de mísseis

O sistema de defesa de mísseis balísticos do Japão se resume a dois tipos de estágios. No primeiro estágio, os mísseis de interceptação “SM3” são lançados por navios de guerra Aegis para interceptar os mísseis em zonas exteriores à atmosfera. Após isso, são enviadas balas guiadas de precisão “PAC 3” para combater os pedaços dos mísseis que caíram para a atmosfera devido ao impacto.

Contudo, como os navios “Aegis” operam por 24 horas durante os 365 dias do ano, os tripulantes estão em uma situação estressante e cansativa.

Inicialmente, o governo estava estudando a implementação do sistema de interceptação de alta altitude “THAAD”. Contudo, em comparação com o “Aegis Afloat”, o custo do “THAAD” é extremamente alto. Enquanto uma base de operações do “Aegis Afloat” custa aproximadamente ¥80 bilhões, um “THAAD” ultrapassa facilmente os ¥100 bilhões. Logo o Ministério da Defesa decidiu a implementação do “Aegis Afloat” tanto pelo seu baixo custo quanto pela eficácia.

Fonte: Asahi Shimbun

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
au - telefonia movel no Japao
Passagens Aereas para o Brasil
au - telefonia movel no Japao
Casa Própria no Japão
au - telefonia movel no Japao
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
au - telefonia movel no Japao
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Baladas no Japão