Praia mais popular em Fukushima reabre pela 1ª vez desde março de 2011

Publicado em 17 de julho de 2017, em Sociedade

A temporada de verão na praia segue até meados de agosto. Saiba mais.

&nbspPraia mais popular em Fukushima reabre pela 1ª vez desde março de 2011
A praia foi reaberta após 7 anos. A temporada de verão finaliza em 15 de agosto (Kankou Iwate)

Uma praia localizada na cidade de Iwaki (Fukushima), que foi há muito tempo considerada como o local mais popular para nadar na província, foi reaberta ao público pela primeira vez desde o desastre de março de 2011.

Após uma cerimônia de abertura realizada na praia de Usuiso na manhã do dia 15 de julho, cerca de 100 estudantes do ensino médio e jovens vestidas com trajes havaianos entraram no mar, divulgou o Sankei Shimbun. Até o final da tarde do dia, cerca de 1.800 pessoas haviam visitado a praia, segundo autoridades provinciais.

&nbspPraia mais popular em Fukushima reabre pela 1ª vez desde março de 2011
Jovens vestidas com roupas havaianas na cerimônia de abertura da praia em Fukushima (Asahi)

A praia estava fechada desde o tsunami que causou uma fusão na planta nuclear de Fukushima Daiichi. A catástrofe natural também levou a vida de 120 residentes de Iwaki.

Autoridades da saúde da província disseram que os níveis de radiação na área caíram para a mesma escala antes dos acidente nuclear.

Um funcionário do governo de Iwaki disse à mídia local que era maravilhoso ver novamente o sorriso das pessoas se divertindo na praia após 7 anos (a praia foi fechada após o final da temporada de verão em 2010).

Localização, veja aqui

Fonte: Japan Today
Imagens: Kankou Iwaki, Asahi 

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
au - telefonia movel no Japao
Passagens Aereas para o Brasil
au - telefonia movel no Japao
Casa Própria no Japão
au - telefonia movel no Japao
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
au - telefonia movel no Japao
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Baladas no Japão