Médicos são detidos por falsificarem atestado para o crime organizado

Publicado em 29 de março de 2017, em Sociedade

O atestado médico foi falsificado para um líder do crime organizado que havia sido condenado a 8 anos de prisão. Veja mais.

Neste Artigo:

&nbspMédicos são detidos por falsificarem atestado para o crime organizado

Publicidade

Chon Yon’há (61) e outros 2 médicos do Hospital Takeda situado na cidade de Quioto (província homônima) foram detidos nesta última segunda (27) por terem falsificado o atestado médico de Takayama Yoshiyuki, um dos líderes do crime organizado.

Takayama (60) um dos líderes do Yamaguchi-gumi havia sido condenado a 8 anos de prisão, pelo crime de extorsão.

Os 3 médicos aceitaram um pagamento de aproximadamente 1,5 milhão de ienes pagos em dinheiro e vale-compras, para falsificar um atestado médico.

Neste atestado constava que Takayama sofria de arritmia cardíaca grave e que não resistira ao tempo de prisão.

De acordo com a polícia de Quioto, o valor pago aos médicos pelo crime organizado teria sido apenas pela garantia de que Takayama conseguiria se livrar do tempo de detenção.

Takayama teria dito no interrogatório que alguns médicos do Hospital Universitário de Quioto também estariam envolvidos na falsificação do atestado.

Fonte e imagem: NHK News


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
IKAI - Empregos no Japão!