Espingarda, a revolução trazida por Portugal no Japão

Publicado em 19 de junho de 2015, em História

Portugueses revolucionaram a estratégia de combate no Japão com as espingardas. Confira a 1ª parte da série "Portugal no Japão".

Portugueses revolucionaram a estratégia de combate no Japão com as espingardas. Confira a 1ª parte da série “Portugal no Japão”.

Publicidade

Ano de 1500, Pedro Alvares de Cabral deu início a história do Brasil com o seu descobrimento. Nós brasileiros temos uma relação profunda com Portugal e por coincidência do destino o Japão, uma segunda pátria para os descendentes nikkeis, também teve influências portuguesas no mesmo período do descobrimento do Brasil.

Veja a 1ª parte da série “Portugal no Japão”

1543: Primeiro contato

Século XVI, era das Grandes Navegações onde Portugal descobriu o Brasil e realizava comércio nas Índias.

Em 1543 chegaram os primeiros portugueses no Japão na ilha de Tanegashima em Okinawa. Alguns registros relatam que os japoneses já conheciam os portugueses através de negociações em outros países asiáticos.

espingarda 06

A ilha tropical de Tanegashima localiza-se em Okinawa, ao sul do Japão, e hoje possui a base da JAXA,

Tanegashima, a espingarda

Na relação entre os dois países, um dos fatos que mais influenciaram o Japão foi a introdução da espingarda e as armas de fogo.

Primeiro contato dos japoneses com as armas de fogo em Tanegashima
Primeiro contato dos japoneses com as armas de fogo em Tanegashima

Em 1543 Tokitaka Tanegashima, o senhor das terras de Tanegashima, comprou as 2 primeiras espingardas, que foram reproduzidas e fabricadas em larga escala. Logo foram utilizadas pelo clã de Satsuma em combate.

As armas de fogo revolucionaram a guerra, passando a serem utilizadas pelo exército de vários reinos de todo o Japão. A partir de então o nome da ilha Tanegashima passou a ser sinônimo de espingarda.

A revolução das armas de fogo

1467, Guerra de Onin. O governo central de Muromachi perdeu completamente todo o poder, resultando no início do Sengoku Jidai, um período em que vários clãs entraram numa guerra civil por um golpe de estado.

A guerra civil durante o Período Sengoku
A guerra civil durante o Período Sengoku

Apesar de serem consideradas o símbolo do espírito guerreiro do samurai, as katanas não eram muito utilizadas nas guerras. Eram preferidas armas de longo alcance, como flechas e lanças. Logo, não demorou muito para que as espingardas se tornarem uma das principais armas.

espingarda 03

Diferente das armas automáticas de hoje, as espingardas tinham uma mira ruim e demoravam 30 segundos para carregar uma bala. Mesmo assim elas conseguiram revolucionar as táticas de combates por conseguirem derrubar de maneira fácil os cavalos e imunizar a cavalaria inimiga, uma das maiores ameaças num campo de batalha.

Espírito de samurai era algo para poucos e as katanas quase nunca eram usadas. Com a chegada dos portugueses, as espingardas tornaram-se uma das principais armas no campo de batalha.


As influências lusitanas também estão no cotidiano japonês como no vocabulário. Continua na 2ª parte, “O português dentro do japonês”

Fonte e imagens: Matome Naver, Wikipedia, Hibimanabu

 


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Fujiarte - Empregos no Japão
WAYSU - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - World