Ensino de língua estrangeira na infância pode causar problemas psicológicos: Conheça mais sobre a questão

Publicado em 21 de outubro de 2014, em Educação, Sociedade e atualizado em 16 de Maio de 2015 as 2:28 PM

O ensino precoce do inglês preocupa pais de alunos no Japão. A comunidade brasileira também sofre uma questão parecida: os filhos que estudam em japonês e conversam em português em casa. Double Limited ou dupla limitação linguística, é um problema na qual a criança não consegue aprender a sua língua materna e uma segunda língua, um idioma estrangeiro. Por não conseguirem acompanharem os estudos devido à dificuldade existente na língua, muitas vezes a criança fica desmotivada, além dos riscos de possíveis problemas psicológicos como depressão. Saiba mais sobre o assunto clicando no Link da matéria.

 O ensino precoce do inglês preocupa pais de alunos no Japão. A comunidade brasileira também sofre uma questão parecida: os filhos que estudam em japonês e conversam em português em casa.

&nbspEnsino de língua estrangeira na infância pode causar problemas psicológicos: Conheça mais sobre a questãoNos últimos anos, o Ministério da Educação apresentou projetos para melhorar o ensino do Inglês no ensino fundamental, aumentando a carga horária de aulas e tornando o idioma como matéria obrigatória no ensino primário.
Com a onda da globalização, muitos pais no Japão ingressam seus filhos em escolas de inglês mesmo antes da faixa etária do ensino fundamental. Enquanto alguns dizem que quanto mais cedo melhor se aprende um idioma estrangeiro, outros visam o risco da criança não conseguir aprender nenhum dos dois idiomas.

A questão do Double Limited

Double Limited ou dupla limitação linguística, é um problema na qual a criança não consegue aprender a sua língua materna e uma segunda língua, um idioma estrangeiro.

Explicando mais precisamente, a parte do cérebro responsável pelo pensamento lógico e linguístico é desenvolvida entre os 8 a 10 anos de idade. O ensino precoce de uma segunda língua pode atrapalhar no desenvolvimento do raciocínio lógico da criança.

Isso resulta em crianças que conseguem falar os dois idiomas de maneira incompleta. Muitos dos pais ao morar no exterior possuem a expectativa de que os filhos cresçam bilíngues, mas existe o perigo da criança não conseguir falar nem o idioma materno dos pais e nem o idioma estrangeiro.

No Japão alguns pais estão preocupados com o novo  ensino de inglês no ensino primário.

Fonte: Oricon Style

Double Limited dentro da comunidade brasileira no Japão

Na comunidade brasileira, o Double Limited já é uma questão discutida a anos nas escolas e pelos pesquisadores na área de educação.

O assunto deve ser preocupado principalmente pelos pais brasileiros nos quais os filhos estudam nas escolas japonesas.
A educação é uma questão complexa dentro da comunidade brasileira no Japão. Escolas brasileiras e japonesas, transferências frequentes de escolas devido à instabilidade no emprego dos pais, idas e vindas para o Brasil são algumas das inúmeras dificuldades enfrentadas pelas crianças em idade escolar.

O fato da criança saber falar a língua materna dos pais e o japonês não significa que ela domine as duas línguas. Esse fato pode ser melhor explicado através dos estudos do Dr. Jim Cummins.

Teoria de Cummins: a diferença entre a linguagem para conversação e a linguagem acadêmica

&nbspEnsino de língua estrangeira na infância pode causar problemas psicológicos: Conheça mais sobre a questão
Muitas vezes o aluno pode ter dificuldade nos estudos mesmo falando o japonês.

A teoria de Cummins explica a aquisição de linguagem em 2 etapas distintas.

  • A primeira denominada como BICS (Basic Interpersonal Communicative Skills) é a linguagem básica para conversação. Geralmente ela é adquirida num curto período de tempo, entre 2 a 3 anos.
  •  A segunda denominada de CALP (Cognitive Academic Language Skills) é a linguagem acadêmica requerida para o uso nas escolas. Diferente da linguagem de conversação, ela requer de 5 a 7 anos de estudos de aprendizado.

Em outras palavras, uma criança brasileira pode muito bem conseguir falar o japonês e não demonstrar problemas na sua convivência social como ao mesmo tempo pode apresentar problemas no acompanhamento dos estudos na sala de aula. Logo, a criança poderá apresentar problemas na sua alfabetização.

Uma criança com Double Limited possui dificuldades de raciocínio por não ter uma formação linguística estável nem no português ou no japonês, além da possibilidade de atraso no desenvolvimento linguístico.

Problemas psicológicos e a desmotivação da criança

Por não conseguirem acompanharem os estudos devido à dificuldade existente na língua, muitas vezes a criança fica desmotivada, além dos riscos de possíveis problemas psicológicos como depressão.

Como evitar o problema

Patrícia Yano, Ph.D. em Ciências Sociais, questionou o problema em sua tese de doutorado Double Limited (dupla limitação linguística) – crianças brasileiras residentes no Japão e explica como deve-se fazer para evitar o problema.

O cotidiano destas crianças transcorre e se não fazemos nada, temos um triste resultado:esta criança não nasceu com limitações, o meio a limitou.

Ela, que às vezes mal chegou na adolescência, não tem liberdade sobre seu futuro, pois está limitada por não saber sequercomunicar-se com eficiência.

Estas crianças não são reforçadas em seu cotidiano e semmotivação para seguir, ficam à borda da sociedade e dependente da própria sorte.Mas o que fazer em relação a este problema? Como podemos ajudar estas crianças?

Em primeiro lugar, os pais precisam ter objetivos claros quanto ao futuro, priorizandoa educação de seu filho. Assim, deve-se evitar a troca constante de escola, principalmente,quando esta troca, baseia-se em oscilar entre duas instituições que tem bases culturais ecurriculares bastante distintas, como a escola japonesa e brasileira. È necessário fazer escolhas e lutar por estas escolhas.

 

 

Referências: Tese de doutorado, Double Limited (dupla limitação linguística) – crianças brasileiras residentes no Japão, FAMÍLIAS BRASILEIRAS NO JAPÃO: Migração Transnacional, Adaptação e Estresse Aculturativo (e-Book)
por Patrícia Yano da Universidade Federal do Acre

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão by Fujiarte
Waysu - Empregos com segurança!